Após repercussão negativa, Flu de Feira desiste da contratação de Bruno

0

Após repercussão negativa, Flu de Feira desiste da contratação de Bruno

750_flu-de-feira-bruno-reforco-baiano_20201717014724
Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, 7, o presidente do clube Pastor Tom, afirmou que a decisão foi tomada após a repercussão da negociação

O Fluminense de Feira não irá mais contratar o goleiro Bruno, de 35 anos, que cumpre pena em regime semiaberto domiciliar pelo assassinato de Eliza Samudio.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, 7, o presidente do clube Pastor Tom, afirmou que a decisão foi tomada após a repercussão da negociação.

Na segunda-feira, 6, o presidente do clube havia afirmado ao Portal A TARDE que a contratação do goleiro já estava acertada e que o Flu de Feira aguardava apenas a liberação jurídica do atleta para anunciá-lo como novo reforço da equipe para a disputa do Campeonato Baiano.

Após a divulgação da negociação, houve uma rejeição por parte dos torcedores, porém o dirigente afirma que as tratativas com o jogador seguiram. “Em torno disso aí, todo mundo está falando, tem contras, tem à favor. Às vezes parece que tem mais contra do que à favor. Não vou tomar uma decisão dessas sozinho. Se dependesse de mim ele estaria aqui desde a semana passada”, declarou.

Bruno foi preso em setembro de 2010 e condenado em março de 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho dos dois. As penas válidas somadas, então, são de 20 anos e 9 meses.

No momento, o goleiro cumpre pena em regime semiaberto domiciliar em Varginha, onde está desde abril de 2017.

A TARDE|FOTO: DIVULGAÇÃO