Artistas e personalidades lamentam a morte de João Gilberto

0

Artistas e personalidades lamentam a morte de João Gilberto

joão-gilberto-morre-640x360
O cantor e compositor João Gilberto, um dos criadores do bossa nova morreu neste último sábado (06) no Rio de Janeiro

A notícia da morte do cantor e compositor baiano João Gilberto foi recebida com muita comoção. Em meio a agradecimentos, saudações aos familiares e recordações, não faltaram tributos de músicos, atores e atrizes pertencentes ao cenário baiano e também, nacional.

Pelo Instagram, um dos seus mais famosos discípulos, o cantor e compositor baiano Gilberto Gil, publicou um vídeo com a canção ‘Gilbertos’, que homenageia o mestre João e fala da sua relação como discípulo.

“Aparece a cada cem anos um. E a cada vinte e cinco um aprendiz. Aparece a cada cem anos um mestre da canção num país. Esse um é o João, também o Caymmi, mas é basicamente o João e a teia de discípulos que ele formou e reuniu nesse meio século de vigência desse gênio extraordinário que é João Gilberto”, declarou. Na legenda, ele resumiu em poucas palavras tudo o que desejava ao professor: “Para João, a música, a poesia e o amor”, colocou.

Uma das primeiras a se manifestar publicamente, a cantora baiana Gal Costa também usou o Instagram para se despedir do artista, que, segundo ela, foi um dos maiores responsáveis pelo seu estilo musical. “Se foi João Gilberto o maior gênio da música brasileira. Influência definitiva no meu canto. Fará muita falta, mas seu legado é importantíssimo para o Brasil e para o mundo”, escreveu.

Ainda nas redes sociais, Daniela Mercury citou a clássica canção ‘Chega de Saudade’ para lamentar a morte de João. “Vai minha tristeza e diz a ele que sem ele não pode ser. Um gênio que revolucionou para sempre a música popular brasileira. João criou a Bossa Nova e me influenciou imensamente. Um dia ele me disse que eu era de sua família. E sou mesmo. Ele ensinou todos nós a cantar da forma mais bela do mundo. Vá em paz, mestre!”, publicou.

Conhecido por ter apresentado Gilberto Gil a Caetano Veloso e ser um dos criadores da Axé Music e do Tropicalismo, o produtor musical baiano Roberto Sant’Ana disse à reportagem de A TARDE que será difícil encontrar outro artista como João. “Acaba de nos deixar o nosso grande pássaro canoro, em seu último voo. Mas nos deixa seu canto. Jamais teremos outro artista da música. Ele era compositor de poucas músicas, mas a sua interpretação nas músicas dos outros representava uma nova composição”, afirmou.

A cantora baiana Jussara Silveira, que tinha sempre João Gilberto em seu repertório, lamentou. “Fiquei triste sabendo da notícia. João é o que melhor representa o assunto que mais gosto, que é a canção. Acho que a hora da morte é de descanso. João partiu assim, no canto dele. Eu ainda estou entendendo a sua partida”, disse.

Luto na Bahia

Além do meio artístico, o cantor e compositor também recebeu homenagens de diversos políticos por todo o País, entre eles o governador Rui Costa, que decretou três dias de luto na Bahia. Por meio de postagem no Instagram, ele lembrou as origens do artista, natural da cidade de Juazeiro.

“Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs de um dos mais ilustres filhos de Juazeiro, que se tornou uma referência para as gerações de músicos que vieram depois da Bossa Nova. Os baianos têm orgulho de João Gilberto e por isso preservaremos seu legado”, escreveu.

Já o prefeito de Salvador, ACM Neto, destacou a importância do artista para disseminar a cultura da cidade e da Bahia.

“Só temos a agradecer pela genialidade e sensibilidade deste artista que muito contribuiu para divulgar Salvador e a Bahia em todo o mundo”, afirmou.

Pelo Twitter, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) e a ex-deputada (PCdoB) Manuela d’Ávila também lamentaram a morte do baiano.

“Lamento muito! Uma perda para a música, para o Brasil e para o mundo”, escreveu Ciro. “O Brasil perdeu um dos seus maiores: Viva João Gilberto!”, publicou Manuela.

A TARDE POR Ashley Malia e Bianca Carneiro* | Foto: Reprodução