Bahia bate o Confiança e se aproxima do mata-mata na Copa do Nordeste

0

Bahia bate o Confiança e se aproxima do mata-mata na Copa do Nordeste

750_confianca-6a-rodada-copa-do-nordeste-rodriguinho_20203718257213
Com o resultado, o Tricolor chegou aos 11 pontos e praticamente deixa a classificação para o mata-mata encaminhada. Agora, o time já soma cinco jogos de invencibilidade|Foto: Adilton Venegeroles

Com tranquilidade, paciência e sem sofrer sustos, o Bahia venceu o Confiança por 1 a 0, neste sábado, 9, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela sexta rodada da Copa do Nordeste. O único gol da partida foi contra, marcado pelo zagueiro Matheus Mancini.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 11 pontos e praticamente deixa a classificação para o mata-mata encaminhada. Agora, o time já soma cinco jogos de invencibilidade. A partida marcou também a estreia do meia Rodriguinho.

O time de Roger Machado volta a campo no próximo sábado, quando pega o América-RN, na Arena das Dunas, pela penúltima rodada do Nordestão.

Goleiro pega tudo

Mesmo em casa e com o apoio da torcida, o Bahia teve dificuldades para ameaçar o gol do Confiança na primeira etapa. Fechadinho, o time sergipano cedeu poucos espaços para o Tricolor infiltrar.

O primeiro chute do Esquadrão de Aço só aconteceu aos 20 minutos. Gregore arriscou da entrada da área, mas mandou a bola pelo lado direito do goleiro Rafael Santos.

Porém, dois minutos depois, o Confiança criou a primeira chance real de gol do jogo. O Bahia saiu jogando errado com Wanderson, que deu a bola no pé de Mikael. Ele tocou para Jeferson Lima, que devolveu, mas o camisa 9 azulino não consegue finalizar porque Anderson se antecipou.

O duelo continuou amarrado e muito equilibrado. Mas aos 34 começou o show de falta de pontaria de Gilberto. Primeiro, Élber fez fila na defesa do Confiança e foi travado na hora de finalizar. A bola sobra para Gilberto, que também para na defesa sergipana.

Na sequência, Ítalo perdeu a bola no meio e Élber avançou em velocidade e lançou Gilberto, que chutou em cima do goleiro Rafael Santos. E aos 39, em outro rápido contra-taque, Gilberto recebeu a bola em boa condição e chutou, mas, Rafael fez outra defesa.

Domínio total

Na volta do intervalo, o Bahia abriu o placar logo no primeiro ataque. Aos 2 minutos, Juninho Capixaba avançou pelo lado esquerdo e cruza rasteiro. O zagueiro do Confiança tentou cortar a bola para que ela não chegasse a Gilberto, mas mandou para o próprio gol. Hol contra de Matheus Mancini.

Empolgado com o gol, o Tricolor foi pra cima e por pouco não ampliou aos 6 minutos. Rossi cruzou com açúcar para Clayson, sem marcação, mandar de cabeça para fora.

Aos 16, a tão esperada estreia aconteceu. O Rodriguinho entrou no lugar de Clayson, e foi ovacionado pela nação tricolor. O camisa 10 quase deixou a marca dele aos 29. Após bom passe de João Pedro, o meia, na entrada da área, mandou a bola por cima.

Aos 34, quase sai o segundo gol. Rodriguinho roubou a bola e lançou Élber, que partiu em velocidade e finalizou. Mas Rafael Santos fez boa defesa.

A TARDE Por Rafael Tiago Nunes