Câncer de mama poderá ser detectado por exame de sangue

0

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.zxzVyj7-Id

Câncer de mama poderá ser detectado por exame de sangue

 

O câncer de mama poderá ser detectado por um simples exame de sangue, mesmo que as mulheres não tenham risco de sofrer da doença por herança genética. Os cientistas da University College London identificaram uma característica molecular em amostras de sangue que aumenta as chances do aparecimento de um câncer de mama. Segundo o jornal The Guardian, a característica da molécula está associada ao gene do câncer de mama BRCA1, responsável por 10% dos casos da doença, junto com mutações no BRCA2, deixando 90% do restante da incidência sem explicações. Uma mulher com o gene BRCA1 tem risco de 85% de desenvolver câncer de mama, o que leva algumas portadoras a tomarem a medida drástica de remoção da mama. O chefe da pesquisa Martin Widschwendter, afirma que a descoberta é presente em mulheres com a mutação do gene BRCA1 e foi observada em grandes grupos de mulheres sem essa alteração genética. A descoberta foi capaz de prever o risco do câncer em pacientes sem a predisposição genética, explicou o especialista. De acordo com o pesquisador Matthew Lam, os resultados podem significar no futuro que uma mulher poderá fazer o exame de sangue para buscar a alteração molecular e descobrir sua predisposição para a doença.