Cantor Agnaldo Timóteo é transferido para hospital em São Paulo

0

Cantor Agnaldo Timóteo é transferido para hospital em São Paulo

750_piora-agnaldo-timoteo_201967152429289
Cantor Agnaldo Timóteo, de 82 anos estava internado desde o dia 20 de maio em Salvador após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC)

O cantor Agnaldo Timóteo, de 82 anos, que está internado desde o dia 20 de maio após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), foi transferido do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, para o Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, na manhã deste sábado, 8. O voo partiu da capital baiana por volta das 7h20. A transferência foi realizada um dia após os médicos alertarem sobre a piora do seu quadro clínico. Conforme informações do HGRS, a família conseguiu reservar um leito na UTI do HC.

750_agnaldo_201968105215405
A transferência foi motivada por causa da distância entre Salvador e Rio de Janeiro, cidade onde o cantor e seus familiares residem.

À reportagem do Portal A TARDE, o filho do cantor, Márcio Timóteo, disse que ele deu entrada no Hospital das Clínicas às 10h50. O transporte correu sem complicações e foi realizado por meio de jato fretado. No entanto, devido aos riscos, Agnaldo precisou ser sedado durante o voo, respirando com a ajuda de aparelhos. “Ficamos com medo devido à questão da altitude, mas ele ficou tranquilo”, contou.

Ainda de acordo com Márcio, a transferência foi motivada por causa da distância entre Salvador e Rio de Janeiro, cidade onde o cantor e seus familiares residem. “A equipe do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) foi muito gentil com a gente, mas estava realmente difícil para a família visitar ele, tanto que aqui em Salvador só tinha eu de parente. Como São Paulo é mais perto do Rio, vai ser melhor para podermos acompanhá-lo”, afirmou Márcio, além de ressaltar que a previsão é que, após alta médica, ele retorne à capital carioca.

“Agnaldo é muito forte”

O diretor médico do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), André Durães, disse ao Portal A TARDE, na manhã deste sábado, 7, que, devido à associação de fatores como idade e diversidade de patologias associadas, a equipe médica paulista, com a qual o hospital mantinha contato, ficou um pouco assustada com o quadro do artista.

“Os médicos de São Paulo ficaram assustados com o quadro de várias patologias associadas, ainda mais porque ele é idoso. Mas Agnaldo é muito forte. Em média, um paciente que apresenta esse tipo de situação não resiste tanto tempo assim”, informou André.

Na sexta-feira, 7, o artista havia apresentado um retrocesso do padrão neurológico e, por isso, precisou realizar ventilação por máscara pressurizada. A piora aconteceu um dia após a autorização da transferência, porém, segundo André, ele melhorou na madrugada após tratamento com antibióticos e fisioterapia.

Para o diretor, não deve existir expectativa de alta por no mínimo 15 dias. A equipe médica da USP deve continuar mantendo o HGRS informado sobre a situação de Agnaldo. Além de tratar um quadro de AVC, o cantor também luta contra bactérias altamente resistentes, que surgiram após o seu intestino parar.

A TARDE POR Bianca Carneiro* *Sob supervisão do editor Nelson Luis