Corpo de sexta vítima de afogamento no Rio São Francisco é encontrado

0

jovens que se afogaram no rio São Francisco
RTEmagicC_e92de6ebf1.jpgCorpo de sexta vítima de afogamento no Rio São Francisco é encontrado

Jovens eram amigos e tinham viajado para festa de São Pedro; eles foram tomar banho no rio e pediram para amiga tirar foto

O corpo do sexto jovem a morrer afogado no rio São Francisco foi localizado na manhã desta terça-feira (1º), a cerca de 300 metros de onde a tragédia aconteceu no domingo (29). De acordo com o vice-prefeito da cidade de Morpará, Sidelcino Custódio Filho, a vítima estava em um local onde não corria muita água. Após ser encontrado, o corpo de Davidson Miranda, 16 anos, foi encaminhado para o povoado de Vila Ibipetum, em Ipupiara, na Chapada Diamantina, onde foi sepultado com as outras cinco vítimas às 10h de hoje.

RTEmagicC_6da656ed2b.jpg
O corpo da sexta vítima, Davidson Miranda, de 16 anos, foi encontrado nesta manhã
(Foto: Reprodução)

O sepultamento dos jovens será no cemitério municipal de Ipupiara. O acidente deixou duas cidades de luto. Os seis rapazes estavam com um grupo de amigos formado por dez pessoas, com idade entre 13 e 25 anos, que deixaram a Vila Ibipetum, no município de Ipupiara, para a festa de São Pedro em Morpará, tradição da cidade.

Eles deviam retornar para casa na segunda-feira (30), mas por volta das 14h do domingo, a tragédia aconteceu. Os jovens foram tomar banho no rio que corta a cidade, e pediram a uma das amigas para tirar uma foto.

Sete rapazes foram caminhando até o centro do rio, se posicionaram de frente para a margem, onde estava a garota, e, ao dar alguns passos para trás, caíram do banco de areia onde estavam. “Contaram que foi tudo muito rápido. Eles caíram ao mesmo tempo e a menina que estava com a máquina pensou até que fosse brincadeira”, afirmou o empresário Almir Rodrigues, pai de Brenno Rodrigues, 13 anos, uma das vítimas.

Apenas um dos jovens, que sabia nadar, conseguiu voltar à superfície e escapou com vida. “No Rio São Francisco existem muitos bancos de areia, mas quando chegam ao fim eles são sucedidos por uma depressão, como se fosse uma ladeira”, explicou o comandante do 11º Grupamento dos Bombeiros (Barreiras), capitão Paulo Henrique de Araújo.

Além de Brenno, morreram afogados Davidson Miranda, 16, Vinícius Valle, 15, o tio dele Gilmar Valle, 25, Anderson Almeida, 19, e Vinícius Miranda, 15. Pescadores ajudaram e, cerca de três horas depois, ainda no domingo, dois corpos foram encontrados a 10 metros do local do acidente. Outros três foram localizados na manhã de ontem (30) — apenas Davidson estava sendo procurado, e só foi localizado nesta manhã.

“Meu filho pediu para sair com os amigos e não vi problema. Eram todos conhecidos. No domingo de tarde, quando tinha acabado de almoçar, recebi o telefonema”, contou Almir. Para o capitão Paulo Henrique, a tragédia poderia ter sido evitada. “É preciso ter cuidado: não se afastar das margens, conhecer o rio e estar acompanhado de alguém que saiba nadar”, afirmou.

O delegado de Morpará, Helder Fernandes, afirmou que vai começar a ouvir as testemunhas nos próximos dias.

Imagem mostra amigos se divertindo nos últimos momentos de vida

Uma imagem registrada por um amigo mostra os últimos momentos de vida dos cinco jovens que se afogaram na tarde do domingo (29) no rio São Francisco. Na foto, os jovens aparecem no rio se divertindo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os jovens não sabiam nadar direito.

Informações do correio24horas