Irmã Dulce será proclamada como Santa pelo Vaticano

0

Irmã Dulce será proclamada como Santa pelo Vaticano

750_irma-dulce-santa_201951495449981
Beata será santificada após confirmação de segundo milagre, além de recordação às suas obras de caridade.

A beata Dulce Lopes Pontes, conhecida como Irmã Dulce – “O Anjo bom da Bahia” – será proclamada como Santa pelo Vaticano. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 13. De acordo com o site Vatican News, o Papa Francisco recebeu o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, cardeal Angelo Becciu, que autorizou o Dicastério vaticano a promulgar o decreto.

Maria Rita Lopes de Sousa Brito, nome de batismo da Irmã Dulce, será canonizada por conta de um segundo milagre atribuído a beata, além da recordação por sua obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados

Religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, a Beata Irmã Dulce nasceu em Salvador no dia 26 de maio de 1914 e faleceu em 22 de maio de 1992. Irmã Dulce foi beatificada em 22 de maio de 2011.

No evento de beatificação de Dulce, esteve presente a ex-presidente Dilma Roussef, junto com o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner.
Irmã Dulce dedicou sua vida a serviço dos necessitados e desenvolveu uma obra social na Bahia, onde fundou vários hospitais de caridade e uma rede de apoio social. A freira baiana chegou a concorrer ao prêmio Nobel da Paz em 1988 e recebeu a visita do então papa João Paulo II pouco antes de morrer, durante a segunda visita do pontífice ao Brasil.

A TARDE| Foto: Reprodução | Site da Osid