Itália: Talisca recebe proposta da Udinese e pode deixar o Bahia

0

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.ZoNt-IdepsItália: Talisca recebe proposta da Udinese e pode deixar o Bahia

por Felipe Santana

Grande destaque do Bahia na temporada de 2014, o jovem meia promissor Anderson Talisca segue alvo de cobiça de grandes clubes do futebol europeu. Depois de uma proposta abaixo do esperado, no início do ano, a Udinese, da Itália, voltou a demonstrar interesse no atleta e desta vez pode tirar o jogador definitivamente do Fazendão.

Após uma série de sondagens e especulações, o Bahia recebeu uma proposta oficial pela compra do meia. A Udinese ofereceu cerca de R$ 13 milhões para contar com Anderson Talisca a partir do mês de julho, antes mesmo do término do Campeonato Brasileiro. Deste valor apresentado, se o acordo for concretizado, o Bahia receberá 50%: R$ 6,5 milhões.

Na auditoria revelada pela nova gestão, no fim do ano passado, 40% dos direitos econômicos do atleta foram negociados pelo cube por R$ 400 mil. Desta forma, o Bahia não detém mais valores sobre a parte econômica do atleta que tem o passe dividido entre Carlos Leite (40%), Astro de Feira de Santana (20%), o empresário Jessé e Sandro (20%) e a Bahia Soccer (20%).

As informações da nova diretoria, na época, foram desmentidas pelo ex-presidente Marcelo Guimarães Filho, que negou participação da empresa Bahia Soccer e o Astro no novo contrato jogador. Segundo ele, em entrevista ao Jornal A Tarde, o Bahia ainda possui 40% dos direitos econômicos.

Ainda assim, por ser dono dos direitos federativos do jogador, a saída de Anderson Talisca para qualquer outra agremiação, antes do fim do contrato que expira em 2017, só será concretizada com uma assinatura do Bahia, que exige uma compensação financeira para essa liberação, já que não detém mais porcentagem sobre o atleta.

Sandro, um dos representantes do jogador, na manhã deste domingo (29), conversou com o Bahia Notícias e garantiu que a Udinese, até então, não o procurou para falar sobre Anderson Talisca. Por outro lado, como o Bahia é detentor dos direitos federativos, ele reconhece que o clube pode negociar o jogador mesmo sem o consentimento dos ‘donos’ da parte econômica.

“Nós apenas ficamos sabendo através do Bahia que havia o interesse deles em Talisca. Mas, hoje, eu posso te assegurar que não fomos informados de nada sobre proposta oficial da Udinese”, esclareceu.

Curta carreira no Bahia
Talisca sempre se destacou pelo bom futebol apresentado nas categorias de base, seja como segundo volante ou na fase final como meia, homem de armação. Ainda muito abaixo do nível físico ideal para profissional, foi promovido ao principal no início do ano passado, quando teve algumas chances com Jorginho. Neste período, inclusive, fez um trabalho físico especial ao lado de Ítalo Melo. Meses depois, entre uma boa apresentação e outra, ganhou a confiança do novo comandante Cristóvão Borges e encerrou o Campeonato Brasileiro da Série A como peça fundamental da equipe.

Em 2014, com a chegada de Marquinhos Santos, ainda que tenha atuado diversas vezes fora da posição original, Anderson Talisca brilhou e salvou o Bahia inúmeras vezes. Artilheiro do Bahia no ano, com oito gols, a grande joia tricolor foi eleita como grande destaque do Campeonato Baiano, após o primeiro título como profissional.

No Brasileirão, como nove rodadas até a pausa para Copa do Mundo, Talisca foi peça importante, apesar da equipe estar uma posição à frente da zona do rebaixamento, e marcou duas vezes.

Informações do Bahia Noticias