Junco dá espetáculo e conquista o título da Copa Victor Maciel de Futsal, o quarto de 2014

0

Junco dá espetáculo e conquista o título da Copa Victor Maciel de Futsal, o quarto de 2014
Junco
Campeão de tudo. Depois do Valilandense de Futebol, Society de Tanquinho e Petrolina, o Junco conquistou na noite desta sexta-feira (14) o título da Copa Valente Victor Maciel de Futsal Masculino, sua primeira experiência no esporte de quadra. A missão não era nada fácil. Precisava vencer o Dionísio Mota de Thiales, Nino e companhia por dois gols de diferença, mas fez mais que o necessário. Com um futsal refinado, os comandados de Paulão venceu por 4 a 1, 3 a 0 somente no primeiro tempo, e conquistou a quarta taça em 2014. “Até onde esse time pode chegar não sabemos, mas ainda vamos longe”, disse Igor Mascarenhas, um dos pilares do time, que destacou o espirito de equipe e a vontade de vencer tão peculiares desde sua fundação. Baby, o craque do jogo, iniciou a festa aos 06’, Diego ampliou aos 12’, Naido encaminhou o título aos 17’ e Ataídes sacramentou aos 19’ da etapa complementar. Metade do ginásio já estava em festa quando Élisson fez o de honra do DM aos 19:40 também do segundo tempo.
00d
Para o DM um misto de decepção e alegria. Decepção da forma como deixou escapar o título. O time que deu espetáculo durante todo campeonato se escondeu no momento que deveria aparecer, com exceção de algumas peças individuais. Thiales, a estrela da constelação e pivô da polêmica da semana, mais uma vez ficou devendo uma grande atuação. Jogou abaixo da crítica e muito na defensiva. “O Dionísio Mota sinceramente não entrou em quadra”, desabafou um torcedor, parecendo não acreditar no que acabara de assistir. Para muitos, o time já entrou perdendo na formação inicial. E depois do 3 a 0 jogou a toalha. Meteu três bolas na trave durante a partida. Quando não era a trave era Tadeu que se tornava o empecilho no caminho do gol. Nada deu certo. Desportivamente o elenco reconheceu os méritos do Junco e enalteceu o espirito do campeonato, apesar de suas falhas, em sinal de reconhecimento ao grande homenageado.
vitor2
Sobraram emoções desde a abertura dos portões do ginásio de esportes. Dentro das dependências a organização apresentou fotos do torneio e imagens marcantes da trajetória de Victor, ali representado pelo pai Ely Gonçalves, que também trouxe registros de Victor desde os tempos de criança, e por John Maciel, irmão de Victor, que compareceu ao evento. Amélia, a mãe, como de costume, optou por ficar em casa, mas certamente com a mente no ginásio, onde todas as homenagens se direcionavam ao filho amado que tanto fez pelo esporte do município. Em mais uma demonstração de afeto, Quinho Mota e o time do DM levaram uma faixa com frase e imagens de Victor. Em grande número, o público se emocionou junto e aplaudiu a homenagem.
Trofeus
A organização da Copa, sensatamente, também batizou todos os troféus com o nome de Victor Maciel.
A competição encerrou-se em paz, como esperado. Além do título, o Junco teve o melhor goleiro e o artilheiro da disputa. Teve ainda o jogador da partida, Baby, em volta triunfal de suspensão. Dionísio Mota, apesar do vice-campeonato, fechou a Copa com a melhor campanha no geral – 18 pontos contra 16 do Junco.
Arbitragem boa é aquele que passa despercebida. Em linhas gerais, Silvério Lima e Gutemberg Félix contribuíram com a qualidade do espetáculo.
00c
FICHA TÉCNICA: JUNCO 4×1 DIONÍSIO MOTA

Gols: Baby, Diego, Naido e Ataídes (Junco); Élisson (Dionísio Mota)
JUNCO: Tadeu, Baby, Ataídes, Naido e Diego Maguinho (iniciantes); Igor, PU, Mazinho, Atinho, Silas, Heitor e Day. Técnico Paulão.
DIONÍSIO MOTA: Rosberg, André Negão, Thiales, Nino e Ismar (iniciantes); Mateus, Dó, Mesac, Élisson, Cleitinho e Moisés. Técnico Bel.
Arbitragem: Silvério Lima e Gutemberg Félix
Mesário: Romero Araújo
PREMIAÇÃO
Campeão: Junco – R$ 1.000,00 / Troféu e Medalhas (Oferta PMV)
Vice-campeão: Dionísio Mota – R$ 500,00 / Troféu e Medalhas (Oferta PMV)
Artilheiro: Ataídes (Junco) com 16 gols – Troféu e R$ 100,00 (Oferta PMV e Sicoob)
Goleiro Menos Vazado: Tadeu (Junco) com 21 gols – Troféu e R$ 100,00 (Oferta PMV e Sicoob)
Craque do Jogo: Baby (Junco) – 01 camisa (Oferta Iure Cruz)
Realização: LDV, através do Departamento de Esporte de Quadra (Dió e Carlinhos).

Texto:O Boleiro por Gui Oliveira// Fotos:Valente em Noticias por Mero Lopes