Lava Jato: ACM Neto, Jaques Wagner e Geddel estão na lista de Fachin

0

Lava Jato: ACM Neto, Jaques Wagner e Geddel estão na lista de Fachin
trio

Os nomes do prefeito ACM Neto (DEM), do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico Jaques Wagner (PT) e do ex-ministro Geddel Vieira Lima (DEM) aparecem na lista do ministro Edson Fachin, no Supremo Tribunal Federal (STF), de políticos que não têm foro privilegiado, mas que foram citados durante a investigação da Lava Jato.

Eles estavam na lista enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em março deste ano, para o STF. Fachin indiciou nesta terça-feira (11), políticos com foro privilegiado, mas cabe as instâncias inferiores decidir se as citações as demais pessoas merecem ser investigadas, anexadas a alguma investigação em curso ou serem arquivadas por falta de provas.

O STF não detalhou em que contexto cada pessoa foi citada, apenas divulgou a lista de nomes mencionados nas mais de 200 petições. O jornal Valor Econômico disse que o nome de ACM Neto aparece em delações da Odebrecht. Segundo o Ministério Público, André Vital Pessoa de Melo e Benedicto Barbosa da Silva Júnior teriam citado pagamento de contribuição eleitoral não contabilizada para o democrata baiano nas eleições de 2012 para a Prefeitura de Salvador. O processo dele vai tramitar no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Já o ex-governador da Bahia Jaques Wagner será investigado pela Justiça Federal da Bahia e na Justiça Federal do Paraná, junto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A lista de Fachin ainda com o nome de 12 políticos baianos, como a senadora Lídice da Mata (PSB-BA).

A Tarde – Foto: Reprodução