Lutador baiano doa bolsa para adversário derrotado: “Precisa muito mais do que eu”

0

Lutador baiano doa bolsa para adversário derrotado: “Precisa muito mais do que eu”

IMAGEM_NOTICIA_5-14-1
Foto: Reprodução

Após conquistar o cinturão do Brazil MMA, o lutador Filipe Esteves fez um gesto que comoveu toda a plateia do evento montado na Associação Atlética da Bahia (AAB), no bairro da Barra, em Salvador, no último sábado (17). Ele venceu Rildeci Escorpião por finalização no segundo round. No discurso da sua sétima vitória na invicta carreira, o atleta baiano, de 29 anos, anunciou que doaria todo o valor da bolsa para o adversário, que viajou de ônibus de Belém para a capital baiana para fazer a luta. Uma viagem que durou cerca de 35 horas. “É muito difícil viver a vida de atleta aqui no Brasil e esse cara aqui é um guerreiro. Porque mantém uma vida de atleta com condições financeiras que não são favoráveis. O cara saiu de lá do interior do Pará de ônibus para cá para ganhar uma bolsa que para a realidade do Brasil não é uma bolsa que a gente necessita. Eu tive conversando com meu pai ontem e falaram para ele que eu iria transferir minha bolsa toda para esse cara, porque ele precisa muito mais do que eu”, afirmou. Filipe Esteves recebeu no total o valor de R$ 1.000, sendo R$ 500 referente a sua subida no decágono e o restante pela vitória sobre Escorpião.

A atitude do baiano se torna mais nobre pelo fato dele também necessitar do dinheiro. Ele integra a seleção brasileira de wrestling e faz uma “vaquinha virtual” para arrecadar R$ 30 mil e disputar as seletivas do pré-olímpico no Campeonato Mundial da modalidade no Cazaquistão. O torneio acontece entre os dias 14 e 22 de setembro. Ele só recebeu pouco mais de R$ 2.400 até o momento.

Bahia Notícias