‘Não renunciarei’, diz Temer em pronunciamento

0

‘Não renunciarei’, diz Temer em pronunciamento

michel-temer-diz-que-nao-renuncia-nada-tenho-a-esconder-sempre-honrei-me
Temer em pronunciamento nesta quinta-feira

Sob forte pressão após reportagem informar que, em delação, o executivo da JBS Joesley Batista afirmou ter gravado o presidente autorizando a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, Temer também será investigado pelo Supremo Tribunal Federal, segundo informações ventiladas na imprensa.

Exaltado, o presidente afirmou que pediu o conteúdo das gravações ao Supremo e agregou que, com as investigações, “demonstrarei não ter nenhum envolvimento com esses fatos”.

“Não solicitei que isso acontecesse (em referência ao pagamento de mesada para Cunha). (Sobre) o relato de que o empresário auxiliava a família do ex-parlamentar, somente tive acesso a esse fato. Em nenhum momento autorizei que pagassem a quem quer que seja para ficar calado. Não comprei o silêncio de ninguém”, disse o presidente.

“Não temo nenhuma delação. Não preciso de foro especial (porque) não tenho nada a esconder. (…) Não renunciarei. Sei o que fiz. Sei da correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida para esclarecimento ao povo brasileiro. Essa situação de dúvida não pode persistir em muito tempo.”

Ele também afirmou que seu governo viveu nesta semana “seu melhor e pior momento”.

“Os indicadores de queda da inflação, os números de retorno do crescimento da economia e geração de empregos criam esperança de dias melhores. O otimismo retornava e as reformas avançavam. Ontem, contudo a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe de volta o fantasma de crise não dimensionada. O imenso esforço de tirar o país de sua maior recessão pode se tornar inútil”, afirmou.
“Não podemos jogar no lixo da história tanto trabalho”, declarou Temer.

Em pronunciamento na tarde desta quinta-feira, o presidente Michel Temer afirmou que não vai renunciar ao cargo e que não “comprou o silêncio de ninguém”.

BBC BRASIL