Renan indica últimos três nomes para CPI da Petrobras; dois senadores recusam

0

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.BIS-Ae-bsHIndicados pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), para compor a cota da oposição na CPI da Petrobras, os senadores Wilder Morais (DEM) e Lúcia Vânia (PSDB) pediram a retirada de seus nomes da comissão. O senador Cyro Miranda (PSDB) foi o terceiro indicado e as suplências ficaram com Jayme Campos (DEM) e Vicentinho Alves (SDD). Vânia e Morais se negaram a participar da CPI por acreditar que uma comissão mista (com senadores e deputados) teria mais efeito. “As bancadas que não indicaram seus integrantes são as mesmas que ingressaram na Justiça para que a investigação ocorresse. Por isso e para que não haja suposições sobre a celeridade das investigações, vejo-me obrigado a indicar os membros da CPI”, disse Renan, em plenário. Ele afirmou que irá indicar outro parlamentar para o lugar de Vânia. Morais fez seu pedido após a saída de Renan.