Vitória aplica quatro no Cuiabá, derruba último invicto e se reabilita na Série B

0

Vitória aplica quatro no Cuiabá, derruba último invicto e se reabilita na Série B

750_vitoria-cuiaba_20209521715324
O resultado positivo garantiu reabilitação do Leão na Série B| Foto: Uendel Galter Ag. A TARDE

Em partida com seis gols e diversos cartões, o Vitória venceu o Cuiabá por 4 a 2, na tarde deste sábado, 5, no Barradão. Os gols do Leão foram marcados por Léo Ceará, João Victor, Carleto e Rodrigo Carioca. O resultado positivo garantiu reabilitação na Série B, enquanto que o adversário conheceu a primeira derrota na competição.

Com um objetivo em comum, voltar a vencer, o Vitória recebeu o até então vice-líder da segunda divisão em duelo válido pela 8° rodada.

Com três mudanças em relação à equipe que enfrentou o Confiança-SE, na última terça-feira, 1º, além do retorno de Fernando Neto, o Leão contou com as entradas de Gerson Magrão e Vico.

Primeiro tempo

Comandada pelo baiano Marcelo Chamusca, a equipe do Cuiabá exibiu, logo aos 13 minutos, com uma cabeçada do meia Matheus Barbosa, porquê é uma das sensações do campeonato, dividindo a liderança da competição com o Paraná. Melhor jogador do Vitória na Série B, Ronaldo, com bela defesa, tratou de mostrar que a equipe do Centro-Oeste não teria facilidades na partida.

Apesar do ímpeto do vice-líder, coube ao Leão a abertura do placar. Aproveitando bobeira da defesa cuiabana, após um erro na saída de bola do zagueiro Hélder, Guilherme Rend achou Léo Ceará em total liberdade para marcar o primeiro gol da partida. Com o gol, o atacante chegou ao terceiro tento marcado na competição.

Em busca do prejuízo, o Cuiabá se lançou ao ataque, e chegou a empatar aos 34 minutos, com o atacante Jenison, porém o gol foi anulado, de maneira acertada pela equipe de arbitragem.

Premiado pela imposição, o time de Chamusca conseguiu a igualdade no placar logo no minuto seguinte. Após uma boa roubada de bola do meia Elvis, o zagueiro Wallace, que realizou sua segunda partida como titular neste retorno ao Rubro-Negro se antecipou e marcou contra. Tudo igual no Barradão.

Não se abatendo com o revés, a equipe de Bruno Pivetti voltou a ficar a frente do placar com o zagueiro João Victor, aproveitando o rebote do goleiro João Carlos, após boa cobrança de Carleto aos 39 da primeira etapa, deixando o Rubro-Negro em vantagem para o intervalo.

Segundo tempo

O Leão voltou do intervalo com mudança. Saiu o volante Fernando Neto para a entrada de Jean. O time de Bruno Pivetti foi surpreendido logo no início da segunda etapa. Aos 6 minutos, aproveitando cochilo da zaga rubro-negra, o atacante Maxwell subiu sem maiores problemas para empatar a partida.

No entanto, a reação cuiabana ficou apenas nisso. Dois minutos após o gol de empate, o Leão voltou a ficar à frente do marcador. Após boa subida de Vico pela direita, o atacante lançou o meia Marcelinho, que chegou com liberdade para marcar, porém, acabou se chocando com o goleiro João Carlos. Pênalti marcado e convertido pelo lateral-esquerdo Thiago Carleto.

Para sacramentar o resultado que derrubou o último invicto da competição, o atacante Rodrigo Carioca, que entrou no lugar do volante Gerson Magrão, deu números finais ao jogo. Aos 47 da etapa complementar, após boa jogada de Mateusinho pela direita. Placar final: Vitória 4 x 2 Cuiabá

Chuva de cartões

Além dos cinco gols, a partida ficou marcada pela grande quantidade de faltas e cartões. Terminando com dois jogadores a menos, a equipe visitante somou meia dúzia cartões amarelos e dois vermelhos – João Carlos e Hélder. Já o Rubro-Negro, anotou seis cartões amarelos e teve o meia Marcelinho expulso.

Em jogada estabanada, o goleiro João Carlos foi o primeiro a ir para o chuveiro mais cedo, após falta em cima de Vico, impedindo uma chance clara de ataque do Vitória, aos 26 minutos da segunda etapa. O zagueiro Helder foi outra figura do visitante que não completou os 90 minutos em campo. Após entrada dura no atacante Rodrigo Carioca, o beque também recebeu cartão vermelho.

Marcelinho deixou o Rubro-Negro sem os 11 em campo. Após falta em cima do lateral-direito Hayner, o meia sequer esboçou algum tipo de reação ao ser expulso.

Com o triunfo, o Leão agora ocupa a 6° colocação, com 13 pontos e terá pela frente agora o Cruzeiro, na próxima sexta-feira, 11, no Mineirão. Já o Cuiabá, que agora é o terceiro colocado do campeonato, encara o Figueirense, na Arena Pantanal, na próxima terça-feira, 8. As duas partidas serão às 21h30.

VITÓRIA 4 X 2 CUIABÁ
Local: Estádio Barradão, em Salvador
Data: 05/09/2020 (sábado)
Horário: 16h30

Árbitro: Ronei Candido Alves(MG)
Auxiliares: Magno Arantes Lira e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo (ambos de MG)

Gols: Léo Ceará, João Victor, Thiago Carleto, Rodrigo Carioca, pelo Vitória. Wallace (contra) e Maxwell, para o Cuiabá.

Vitória: Ronaldo, Jonathan Bocão, João Victor, Wallace, Thiago Carleto (Leocovick), Guilherme Rend, Fernando Neto (Jean), Gerson Magrão (Rodrigo Carioca), Marcelinho, Vico (Mateusinho), Léo Ceará

Cuiabá: João Carlos , Hayner, Hélder, Anderson Conceição, Romário, Matheus Barbosa, Marino (Ferrugem), Felipe Ferreira (Yago), Elvis (Matheus Nogueira), Maxwell ( Lucas Ramon), Jenison (Fabrício)

A TARDE