Vitória leva virada do Confiança em casa e interrompe sequência positiva

0

Vitória leva virada do Confiança em casa e interrompe sequência positiva

750_vitoria-x-confianca_2020124211759326
O Rubro-Negro ficou duas vezes na frente do placar, mas terminou derrotado pelo Confiança|Foto: Uendel Galter/ Ag A TARDE

Na noite desta sexta-feira, 4, no Barradão, o Vitória viu chegar ao fim uma invencibilidade de cinco jogos na Série B do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro ficou duas vezes na frente do placar, mas terminou derrotado pelo Confiança, que marcou dois gol em dois minutos na reta final do jogo: 3 a 2. O tropeço em casa na 26ª rodada manteve o time com 32 pontos, na 14ª posição.

Foi a primeira derrota do Leão em três jogos sob o comando interino de Rodrigo Chagas. Dentro de campo o destaque positivo seguiu com Léo Ceará, autor dos dois gols rubro-negros. A virada do Dragão, inclusive, aconteceu depois que o atacante deixou o gramado.

O Vitória volta a campo na próxima terça, 8, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Ritmo lento

Nos primeiros 15 minutos do jogo desta sexta o Vitória pouco lembrou o time que conseguiu dois triunfos nas duas rodadas anteriores. O Rubro-Negro teve dificuldade para se impor ofensivamente e se limitou a trocar passes sem objetividade no campo de defesa. A primeira jogada de perigo só aconteceu aos 16’, quando Rafael Carioca arriscou da entrada da área e mandou por cima da meta.

O marasmo do ataque do Leão acabou assim que Léo Ceará foi acionado pela primeira vez na partida. O atacante confirmou a ótima fase e abriu o placar do jogo aos 18 minutos. A jogada começou com Vico, que avançou e passou para Léo Morais. O lateral-direito cruzou no capricho e Léo Ceará completou de cabeça para o fundo das redes.

O 11º gol do camisa nove nessa Série B foi um lance isolado no primeiro tempo do Vitória. Depois de abrir o placar o time voltou a apresentar um futebol pragmático, sem repertório ofensivo. Como do outro lado o Confiança também não conseguia assustar, o jogo se arrastou sem emoção até os 37 minutos, quando a bola tocou no braço de Fernando Neto dentro da área.

Reis foi para a marca da cal, converteu a cobrança e deixou tudo igual no placar. Um resultado justo depois de 45 minutos de pouca inspiração das duas equipes no Barradão.

Vacilo no fim

Na segunda etapa o Leão precisou de cinco minutos para chegar com perigo ao gol do Dragão. Primeiro Vico finalizou da entrada da área e obrigou Jean a mandar para escanteio. Após a cobrança, a bola sobrou e Wallace chutou forte. Mais uma vez o goleiro dos visitantes apareceu para evitar o gol.

O momento era de domínio do Rubro-Negro e o gol não demorou para acontecer. Aos sete minutos Thiago Lopes deu ótimo passe para Léo Ceará. O artilheiro invadiu a área e tocou na saída de Jean para recolocar o Vitória na frente do placar. Foi o 12ª gol do camisa nove, que é vice-artilheiro da Série B.

Aos 31 minutos uma reviravolta aconteceu no Barradão. O jogo parecia controlado pelos rubro-negros, mas em dois ataques o Dragão chegou ao empate e virou o jogo. Primeiro Reis cruzou, Ari Moura escorou nas costas de Rafael Carioca, e Rafael Vila completou na pequena área: 2 a 2.

Logo na sequência, aos 33, Reis jogou mais uma bola na área e ela sobrou para Mancini. O zagueiro desviou, e viu Serginho rolar para Renan Gorne, que só empurrou para o gol vazio e decretou a virada no Barradão.

VITÓRIA 2X3 CONFIANÇA – 26ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B
Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA), às 19h15
Gols: Léo Ceará, aos 18, e Reis, aos 38 minutos do primeiro tempo; Léo Ceará, aos sete, Rafael Vila, aos 31, e Renan Gorne, aos 33 minutos do segundo tempo

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Magno Arantes Lira (trio de Minas Gerais)
Cartões amarelos: Léo Ceará e Léo Morais (Vitória); Matheus Mancini, Djalma Silva e Serginho (Confiança)

Vitória – César; Léo Morais (Bocão), Wallace Reis, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Fernando Neto, Matheus Frizzo (Mateusinho), Lucas Cândido (Eduardo) e Thiago Lopes (Ruan nascimento); Vico e Léo Ceará (Jordy). T: Rodrigo Chagas.

Confiança – Jean Drosny; Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini e Djalma Silva (Everton); Madison (Serginho), Rafael Vila, Jeferson Lima (Ítalo) e Bruno Paraíba (Renan Gorne); Reis e Ari Moura (Alyson). T: Daniel Paulista.

A TARDE