Wassef assume que escondeu Queiroz: “Queriam matá-lo e culpar Bolsonaro”

0

Wassef assume que escondeu Queiroz: “Queriam matá-lo e culpar Bolsonaro”

750_fabricio-queiroz-frederick-wassef-jair-bolsonaro-prisao-assassinado_20206269413147
Ainda segundo Wassef, somente ele tinha conhecimento da informação| Foto: Reprodução Redes Sociais

O ex-advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, assumiu que sabia sobre a estadia de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), em sua casa, localizada em Atibaia, interior de São Paulo, onde o suspeito de desvio de dinheiro foi preso.

De acordo com Wassef, havia um plano para matar Queiroz e por a culpa na família do presidente da República. “Passei a ter informações de que Fabrício Queiroz seria assassinado. O que estou falando é a absolutamente real. Eu tinha a minha mais absoluta convicção de que ele seria executado no Rio de Janeiro. Havia um plano traçado para assassinar Fabrício Queiroz e dizer que foi a família Bolsonaro que o matou em uma suposta queima de arquivo para evitar uma delação”, declarou o advogado à revista Veja.

Ainda segundo Wassef, somente ele tinha conhecimento da informação. “Eu omiti isso do presidente. Eu omiti isso do Flávio por motivos que eu me reservo o direito de não dizer agora. O presidente da República jamais teve conhecimento da autorização para que Fabrício, caso quisesse, pudesse entrar nessas propriedades”, explicou.

A TARDE